21/01/2011

Lady Macbeth

Macbeth denota a historia de um homem e sua fragilidade existencial. Guerreiro ao retornar da batalha vitoriosa, na qual defendeu seu rei e o mundo que vive, de forma audaz e implacável. Considerado o mais excepcional e eficiente Herói . Paradoxalmente, ao retornar para seu lar e seu rei, Macbeth acompanhado de seu amigo e guerreiro Bonquo, tem a visão das três bruxas irmãs, que lhe prenunciam um futuro como rei (como não ser Rei depois de tantas batalhas vencidas tantas mortes?... precisaria ele realmente ter esta visão? Bonquo como testemunha da sua ousadia e capacidade de destruição e salvação, poderia ver algo diferente?). A visão faz-se execução quando é compartilhada com Lady Macbeth. A união destas duas forças, a do guerreiro sanguinário que vive uma alucinação e a da apaixonada e fria Lady Macbeth,completamente refrataria ao seu heroi (ela pauta sua vida muito mais no poder que pensa exercer sobre seu marido OU melhor , pauta sua vida pela oportunidade que em fim tem de se fazer útil ao seu Herói , homem ,Deus,ao desejo de ser Rainha),abre os portais ao trono. Depois dos crimes contra o Rei, Macbeth ROMPE definitivamente com a realidade, não tendo sua Senhora poder algum sobre o que se dará, nem mesmos seus reforços e convites à sanidade, têm ressonância nos delírios de perseguiçao e grandeza de Macbeth. A mente adesiva da Lady Macbeth fica sem alimento, pois Macbeth, não mais compartilha com ela seus crimes, deixando-a na solidão e na sua insignificância, o suicídio por fim elucida a sua desde sempre não existência. Macbeth continua tentando afastar todos, que sua mente alucinada possa prever como seu denunciador ou aquele que o irá afastar do trono, travando assim uma trilha de assassinatos chocantes, matando seus amigos e descendentes, rumando a precipício da solidão e da loucura. Essa trilha segue até que as florestas "decem" ou porque não dizer, até que alguém manipule a ilusão de realidade. Na pratica o herói assassino, não se deixa impedir por sua teórica crise de consciência e continua a executar seus crimes,morre nesta fronteira da mente  . Macbeth aspira ao titulo de Rei, porque na sua fragilidade nada se compara ao Deus que esta se tornando sendo um mendigo em relação a vida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário