14/05/2010

Sobre Unicórnios


                                                                 Existem ou não?


Argumento Resposta 1

nesta linha de pensamento podemos concluir que a afirmação é mais procedente que uma negação a menos que a negação seja uma afirmação esta não tem consistência sem provas porem a afirmação carrega consistência de existir como produto de quem a produz.

Argumento Resposta 2
Lembra-me Descartes que afirmou que Deus só existe como competência e produção do Intelecto, ai se contradiz dizendo esta competência provem de Deus.Porem Kant  ,  traz "o mundo como lhe parece" a existência das coisas em validade no pensamento  e na percepção das coisas análogas a outras ou em ligações constantes , retira a autoria da competência divina e a retorna a competência humana onde Deus seria resultado do pensamento aliado as cogitações que vão sendo aprimoradas a medida que são reconhecidas pelo outro.Esta é a redenção e a maldição do mito ele serve se ajusta e cresce, e quando se torna maior que os fastos está enraizado na cultura.

Argumento Resposta 3


Ao pensar mais algumas indagações parecem procedentes,sobre a origem dos mitos quem os constrói? quem os implica? ,onde eles se fundamentam? como eles se sustentam?São máscaras que servem bem a quem as coloca, este Servir muitas vezes advem de imposições e muitas outras pela falta de opção e mais ainda , hoje nas super produções onde se é capaz de criar uma guerra sem que ela exista e repercurti-la no mundo .Sim existem Minotauros ,eles são nossa imagem na parede da caverna.

Argumento Resposta 4

O ser humano possui muitas competências uma delas , considerada por muitos como um processo cerebral e automato, é a de preencher lacunas numa lógica linear, uma destas lacunas seria a própria incapacidade de lidar com aquilo que desconhece e separar seus fantasmas das coisas que captura e projeta ao mundo, nada melhor do que a criação metafórica de criaturas fantásticas a servir este propósito.Nelas é possível projetar-se tudo que é ideal e tudo que não é, assim experimentar em si e no meio o efeito deste preceitos paradigmas e limites, a partir deste no ensaio e observação muitas vezes automáticas vamos entendendo o mundo ou distorcendo o entendimento, ambas as possibilidades podem estar a serviço de uma força maior,algo como uma "atividade sinestésica" da espécie.

Argumento Resposta 5

Descartes, fala bem sobre esta questão e se ocupou de garantir que nós mesmos existiamos pela presuposto do Cógito. " penso, logo existo".Podemos pensar que um unicornio existe na validação do pensar, porem fora desta validação não ha existência mas apenas a idéia da coisa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário